Em Portugal, enfermeiros e cuidadores viram pela primeira vez os resultados do jogo STEP_UP

No seguimento do trabalho feito ao longo do último ano, a SHINE 2Europe contou novamente com o apoio de enfermeiros e cuidadores formais de pessoas mais velhas para ver pela primeira vez o resultado do jogo STEP_UP, um jogo educativo que promete ensinar a minimizar os danos e riscos de uma pandemia.

No ano transato, estes mesmos participantes estiveram envolvidos nos primeiros workshops e através dos seus contributos ajudaram a delinear de forma real as personagens e cenas do que será o jogo STEP_UP | Stop Epidemic Growth Through Learning, ou, em português, “Como parar o crescimento de uma epidemia através da aprendizagem”. Este jogo é um dos resultados do projeto STEP_UP, do qual a SHINE é parceira com mais 4 parceiros internacionais, e que pretende desenvolver uma ferramenta de formação para o setor social e stakeholders da comunidade, ensinando as melhores formas de prevenir e lidar com situações de pandemia, através de um jogo educativo.

Desta vez foi apresentada, aos enfermeiros e cuidadores formais, a primeira cena do jogo com a personagem Rosa Santos, uma cuidadora de uma estrutura residencial para pessoas mais velhas. O que se pretendeu validar nesta fase de workshops foi a compreensão das cenas de jogo, como se jogam, como se passa às fases seguintes ou a eficácia dos mini jogos apresentados. Uma vez que os participantes tinham sido um apoio fundamental na estruturação do jogo, ficaram agradavelmente surpreendidos por verem as suas ideias materializadas. Os jogadores irão aprender as medidas corretas de proceder durante uma pandemia através de escolhas múltiplas de ações certas ou erradas, mini jogos para distinguir notícias falsas de informações verdadeiras ou perceber a importância das medidas governamentais.

Nos últimos anos tem se comprovado que a “gamificação” melhora as competências de aprendizagem, nomeadamente de jovens e pessoas com baixas qualificações. O jogo vai destinar-se a profissionais do setor social mas poderá ser também utilizado por qualquer cidadão e constituirá uma ferramenta importante na formação de adultos.